Escrevendo a cristãos do século I, Pedro disse que em meio às perseguições eles deveriam santificar a Cristo, como Senhor, em seus corações. O apóstolo também diz que eles deveriam fazer isso “estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós” (1Pe 3.15). A palavra traduzida por “responder” vem da palavra grega “apologian”, que significa fazer uma defesa verbal, ou um argumento raciocinado. É daí que vem a palavra “apologética”, que quer dizer defesa da fé. O que Pedro está dizendo é que os cristãos deveriam estar prontos para defender a fé. A Bíblia é a Palavra de Deus para a igreja. Portanto, devemos estar preparados para fazer apologética. A defesa da fé deve fazer parte da ação e atitude do cristão. Em seu livro intitulado “A Batalha Pertence ao Senhor”, Scott Oliphint é incontestável ao advogar que a Escritura é o instrumento mais poderoso para a defesa da fé. Por isso, aqui vão simples conselhos para a defesa da fé, que, por mais que sejam simples, têm sido deixados de lado: Em primeiro lugar, leia a Escritura diariamente. Tenha um momento devocional todos os dias, no qual você estude a Palavra de Deus. É lendo a Bíblia que conhecemos a vontade de Deus, que nos relacionamos com Ele, e por Ele somos transformados. Consequentemente, estaremos cada vez mais aptos a defender a nossa fé. Em segundo lugar, vá ao culto público. Você deve ir ao culto público, principalmente, por obediência, pois o Senhor separou um dia para isso, dando-nos o privilégio de o cultuarmos como Igreja. Tendo em vista que o momento central do culto é a pregação da palavra, aprenderemos mais do nosso Deus. O resultado é que seremos mais capacitados a defender a nossa fé. Em terceiro lugar, pratique a instrução mútua. Se esforce para estar nos estudos bíblicos, grupos familiares, EBD etc. Visite irmãos em Cristo, e chame-os para sua casa, para que possam se edificar por meio das Escrituras. Vivamos a verdadeira comunhão, e certamente nossa defesa da fé será otimizada. Estes são conselhos bem simples. Todavia, têm sido deixados de lado e o resultado é que os cristãos estão se tornando cada vez mais apáticos na defesa de sua fé. Pare e pense se estes simples conselhos estão sendo colocados em prática em sua vida. Coloque-os, e certamente você será usado nas mãos de Deus na defesa da fé. Acolha os bons e preciosos conselhos e defenda a sua fé com ousadia e graça. Sem. Luciano Vieira Ribeiro

Compartilhe usando: